fbpx

Após receber negativa da justiça, Ronaldinho e irmão passam a noite em cadeia no Paraguai

62

Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, o empresário e ex-jogador Assis passaram a noite numa cadeia paraguaia. Segundo a justiça o caso ocorreu para evitar que a dupla deixasse o país. Ronaldinho e Assis estão presos no Paraguai após serem flagrados com documentos falsos no país.

No começo da manhã deste sábado, eles deixaram o complexo penitenciário onde passaram a noite. Eles foram levados hoje até o Palácio da Justiça para serem ouvidos pela juíza Clara Ruiz Diaz. Ela vai determinar se ambos continuam ou na presos.

Ambos tinham comprado passagens para retornar ao Brasil hoje. Há dois dias o Ministério Público Paraguaio decidiu não abrir processo contra eles, porém ontem (06), o juiz Mirko Valinotti, do Juizado Penal de Garantias de Assunção, teve uma audiência de seis horas com os envolvidos, não aceitou a tese de ambos e deu 10 dias para a promotoria investigar o caso e dar um parecer definitivo.

Três pessoas já foram acusadas após as investigações iniciais: o empresário Wilmondes Sousa Lira, apontado pela defesa de Ronaldinho como responsável pelos documentos falsos, e as paraguaias María Isabel Galloso e Esperanza Apolonia Caballero.

Wilmondes foi acusado por produção de documentos não autênticos, uso de documentos públicos de conteúdo falso e falsidade ideológica. Já María Isabel e Esperanza foram acusadas de uso de documentos públicos com conteúdo falso, e colocadas em prisão domiciliar.

Fonte: Globo Esporte/Foto: Nathalia Aguilar/EFE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!