Gigante europeu é banido de competições continentais por dois anos

A UEFA divulgou nesta sexta-feira (14) que o Manchester City está banido de competições europeias de clubes por dois anos. O clube, segundo o Organismo de Controle Financeiro da entidade, foi responsável por um superfaturamento com patrocínios.

O processo contra o clube foi aberto após a revista alemã Der Spiegel vazar e-mails que apontavam para o envolvimento do sheik Mansour bin Zayed Al Nahyan, proprietário do City, no financiamento de cerca de 67,5 milhões de libras em patrocínios da companhia aérea Etihad relativos à camisa, estádio e divisões de base do clube.

O Manchester City também foi multado em 30 milhões de euros, pouco mais de 140 milhões de reais na cotação atual. Em nota, o clube se diz “desapontado, mas não surpreso”, e afirmou que vai recorrer à Corte Arbitral do Esporte.

A equipe treinada por Pep Guardiola está na quarta colocação da Premier League, posição que classifica o clube para a Liga dos Campeões. Caso a decisão seja mantida e o clube permaneça nesta colocação até o fim do campeonato, a vaga seria passada ao quinto colocado, hoje o Sheffield United.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido