fbpx

Inter vence o Tolima e enfrenta o Grêmio na Libertadores.

2

Preparem os corações: pela primeira vez na história da Libertadores haverá Gre-nal. Para que isso ocorresse, o Internacional precisou passar pelo Deportes Tolima, da Colômbia. Depois de um jogo de ida morno, com poucas oportunidades, o Colorado bateu a equipe colombiana por 1×0 no Beira-Rio. O gol do time de Eduardo Coudet foi marcado por Guerrero.

O Inter começou o primeiro tempo pressionando. Com um minuto de jogo, Guerrero chutou para boa defesa de Montero. Aos 21, Lindoso cruzou e Guerrero não conseguiu o cabeceio. Dois minutos depois, Estupiñán chutou de fora da área, mas a bola desviou e ficou tranquila para as mãos de Lomba. Aos 30, Rodríguez chutou de longe e Lomba espalmou. Três minutos depois, o cabeceio de Bruno Fuchs saiu à direita do gol de Montero. Aos 44, Estupiñán chutou cruzado; Lomba defendeu. O gol do Inter saiu aos 48: D’Alessandro fez fila dentro da área e entregou para Guerrero, que colocou a bola pra dentro.

O segundo tempo foi de menos oportunidades que o primeiro. Aos nove minutos, Campaz chutou à esquerda do gol de Lomba ao tentar empatar a partida. Aos 16, D’Alessandro levou o segundo amarelo por pisar em Robles e foi expulso. A melhor chegada do Tolima foi aos 39, quando Castrillón recebeu de Campaz e chutou longe do gol de Lomba. A equipe colombiana tentou a pressionar nos minutos finais, mas não foi eficiente.

Com a vitória, o Inter entra no grupo E da Libertadores, com Grêmio, Universidad Católica e América de Cali. Sua estreia é contra a Universidad, em casa, na próxima quinta (3). O primeiro Gre-nal da história da maior competição de clubes do continente ocorre no dia 12 de março, na Arena.

O Inter volta a campo no sábado (29) contra o Caxias, no Centenário. O jogo é válido pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho

 

FICHA TÉCNICA:

Internacional: Marcelo Lomba; Rodinei (Rodrigo Moledo), Bruno Fuchs, Cuesta e Uendel; Musto; Edenílson, Rodrigo Lindoso (Marcos Guilherme) e Boschilia (Johnny); D’Alessandro e Guerrero. Técnico: Eduardo Coudet.

Tolima: Montero; Castrillón, Moya, Quiñones e Banguero; Ríos (Albornoz), Robles e Gordillo; Estupiñán (Miranda); Rodríguez (Ramos) e Campaz. Técnico: Hernán Torres.

GOLS: Guerrero (I).

CARTÕES AMARELOS: D’Alessandro (2x), Rodinei, Marcos Guilherme (I); Quiñones, Banguero (T).

CARTÕES VERMELHOS: D’Alessandro (I).

ARBITRAGEM: Guillermo Guerrero, auxiliado por Christian Lescano e Ricardo Baren (trio equatoriano). Quarto árbitro: Luis Quiroz (Equador).

ESTÁDIO: Beira-Rio, em Porto Alegre.

PÚBLICO: 35.117 pessoas.

RENDA: R$ 1.452.590,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!