fbpx

Surto de gripe aviária começa a preocupar o Iraque

63

Um surto de influenza aviária de alto contágio, do sorotipo H5N8, foi registrado em uma fazendo com 59.700 aves na província de Nínive, no Iraque, uma região que é próxima à fronteira com a Turquia. O caso foi reportado pelo Ministério da Agricultura à Organização Mundial para a Saúde Animal (OIE), nesta terça-feira (19).

De acordo com o relatório, o vírus levou à morte de 21.700 aves. Outras 38 mil aves foram eliminadas. Ainda conforme o Ministério da Agricultura iraquiano, não há fazendas no entorno da propriedade afetada.

A fonte da contaminação é desconhecida ou inconclusiva, conforme o relatório, embora a maior possibilidade é de que tenha origem no contato de espécies selvagens.

Em março passado a doença foi registrada em uma criação de frangos em Bad Lausick, perto de Leipzig, na Alemanha. Apesar de similaridade nominal com o vírus H1N1, ele é menos patogênico para humanos.

A Organização Mundial da Saúde não descarta a possibilidade de infecção de humanos pelo vírus H5N8. No entanto, a entidade informa que o risco é “provavelmente baixo”, com base nas informações atuais. Até hoje, nenhum humano foi contaminado pelo vírus H5N8. Por ser uma variação do vírus influenza A, causador da gripe, os sintomas do H5N8 podem ser similares, como febre, dores no corpo, tosse e dor de cabeça.

Com informações do Agrolink

Imagem ilustrativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido