Após polêmica prefeito Russinho edita texto e volta a proibir funcionamento de escolas particulares em decreto de calamidade

Após polêmica prefeito Russinho edita texto e volta a proibir funcionamento de escolas particulares em decreto de calamidade

O prefeito de Viamão Valdir Elias, o Russinho, editou pela segunda vez o Decreto de Calamidade Pública após o texto redigido gerar polêmica e preocupação nos pais de alunos matriculados em escolas da rede privada instaladas na Velha Capital.

A nova edição do decreto volta a proibir o funcionamento das escolas da rede privada de ensino, bem como, as escolas de educação infantil e creches particulares.

A primeira modificação no texto causou uma série de interpretações, entre as quais a de que o texto liberava o funcionamento dos educandários particulares e também das escolas de educação infantil. A nova alteração corrige um ato falho por parte do gestor público municipal. Confira a nova redação do texto:

decreto0252020_27065646
ffbernardes

ffbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido