Após ter liminar negada na justiça Valdir Bonatto afirma que segue pré-candidato à prefeitura de Viamão

Após ter liminar negada na justiça Valdir Bonatto afirma que segue pré-candidato à prefeitura de Viamão

O ex-prefeito de Viamão Valdir Bonatto assinou e emitiu nota o final da tarde desta segunda-feira (31), na qual reafirma o intuito de concorrer à prefeitura de Viamão no pleito de 15 de novembro.

A afirmação do político ocorreu 5 dias após a decisão judicial que negou uma liminar, na qual Bonatto pedia autorização para concorrer. A decisão da juíza Carina Labres indica que não foram apresentados os motivos suficientes para o deferimento do pedido. Valdir Bonatto teve seus direitos políticos cassados por 8 anos pela Câmara de Vereadores, não podendo então concorrer a cargo público.

Por outro lado, a nota divulgada pelo político afirma que “não há nenhuma decisão definitiva ou perto de ser definitiva”. Para o ex-prefeito, estes são “apenas nos passos iniciais de um movimento jurídico que tende a ser exitoso, visto que uma quantidade considerável de ilegalidades foi cometida nesse processo político da Câmara de Vereadores”.

 

Confira a íntegra do texto:

 

NOTA OFICIAL SOBRE AÇÃO NA JUSTIÇA – PROF. BONATTO

Visando esclarecer e informar sobre notícias veiculadas no dia de hoje, sobre a negativa de liminar por parte da juíza Carine Labres, venho por meio desta nota esclarecer que não há nenhuma decisão definitiva ou perto de ser definitiva. Estamos apenas nos passos iniciais de um movimento jurídico que tende a ser exitoso, visto que uma quantidade considerável de ilegalidades foi cometida nesse processo político da Câmara de Vereadores.

Aos fatos:

  1. Ingressei na Justiça buscando a anulação das votações ocorridas na Câmara Municipal de Vereadores no ano de 2019, no que se refere às contas de gestão, que foram aprovadas pelo Tribunal de Contas. Apontei na petição uma série de erros no processo, que comprometem o julgamento feito à época.
  2. A Juíza então solicitou à Câmara que se manifeste, informando sobre a tramitação dos processos. Ou seja, a Câmara não vai dizer se fez certo ou errado, apenas vai dizer o que fez, e a Juíza vai decidir se está certo ou errado.

Reitero a minha disposição em continuar colaborando com a população de Viamão, sou pré-candidato a prefeito e, no dia 12 de setembro, estaremos confirmando que Viamão precisa de Um Novo Tempo.

Foto: Arquivo Pessoal

ffbernardes

ffbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido