Assaltante Papagaio deixa penitenciária do Paraná e volta para Charqueadas

Assaltante Papagaio deixa penitenciária do Paraná e volta para Charqueadas

A Secretaria da Administração Penitenciária (Seapen) e a Susepe, em parceria com a Secretaria da Segurança Pública (SSP) comandaram na manhã de hoje (15), o retorno do preso Cláudio Adriano Ribeiro, o Papagaio, do Paraná para o Rio Grande do Sul.

Cerca de três meses depois de ir para o regime semiaberto, Papagaio não se apresentou no Patronato Lima Drummond, em Porto Alegre, no dia 8 de dezembro de 2017.  À época, ele tinha autorização judicial para trabalho externo e saída temporária.

No Paraná, ele cumpria pena desde 2018. O preso chegou no fim da manhã em aeronave do Batalhão de Aviação da Brigada Militar.

O retorno ao Estado atende a determinação do juiz Sidnei Bruzuska, da 2ª Vara de Execuções Criminais de Porto Alegre, expedida em dia 31 de março.

“Esta operação foi possível graças à articulação da Seapen com a Secretaria de Administração Penitenciária do Paraná,  que autorizou a permanência de Papagaio naquele Estado, até o momento de seu retorno ao RS”,  explicou, Cesar Faccioli, secretário da Seapen.

Sob forte esquema de segurança, a escolta foi executada por doze agentes penitenciários da Divisão de Segurança e Escolta (DSE) da Susepe. Quatro viaturas operacionais foram usadas , mais 2 viaturas da PRF , para conduzir Papagaio até a Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (PASC) onde cumprirá seu saldo de pena, em torno de 52 anos, por ataques a bancos e carros fortes.

Papagaio foi considerado, na década de 90, o maior assaltante de banco do Rio Grande do Sul. O Secretário de Administração Penitenciária, César Faccioli falou sobre a transferência:

Com informações da Susepe.

ffbernardes

ffbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido