Bancos são atacados em cidade do Vale do Rio Pardo e reféns são obrigados a fazer cordão humano

Bancos são atacados em cidade do Vale do Rio Pardo e reféns são obrigados a fazer cordão humano

Um bando de marginais atacou no começo da tarde de hoje (03), duas agências bancárias na cidade de Ibarama, na região do Vale do Rio Pardo. De acordo com a Brigada Militar, o grupo obrigou um grupo de reféns a fazer um cordão humano para servir de escudo em caso de uma ação policial. Logo após chegar na cidade os indivíduos atacaram as agências do Banrisul e do Sicredi.

Segundo a polícia, o “modus operandi” foi aquele que atualmente é conhecido no Rio Grande do Sul como “Novo Cangaço”. As duas agência ficam na mesma rua, na região central da cidade. Relatos através de grupos de whatsapp, por parte de moradores da cidade indicam que foram efetuados vários tiros no momento do ataque.

Após sair das agências os marginais levaram três pessoas como refém. Els foram liberadas, sem ferimentos físicos, momentos depois. A polícia acredita que o grupo era formado por sete bandidos.

Tão logo eles saíram da cidade a polícia iniciou a busca pelos bandidos. Inicialmente elas ocorreram nos municípios de Sobradinho e Arroio do Tigre. Na fuga os bandidos deixaram parte do dinheiro roubado. Até o fechamento desta edição ninguém foi preso.

ffbernardes

ffbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido