Brigada Militar apreende quase dois milhões dentro de veículo na Estrada do Mar

Brigada Militar apreende quase dois milhões dentro de veículo na Estrada do Mar

Foram apreendidos pela Brigada Militar no inicio da semana, em uma Nissan Frontier que trafegava na Estrada do Mar (ERS 389), em Torres, quase dois milhões de reais, sem procedência, após denúncia de que o veículo trafegava com indivíduos envolvidos em crimes, no início desta semana.

Uma guarnição da Força Tática da Companhia Policial Militar de Capão da Canoa localizou o veículo na Estrada do Mar na noite da última segunda-feira (09), e na tentativa de abordagem com sinais sonoros e luminosos da viatura, os ocupantes da caminhonete iniciaram a fuga, sendo alcançados no quilômetro 85 da rodovia, em Torres. Na abordagem, foram encontradas caixas e sacolas com grande quantia em dinheiro no banco traseiro da caminhonete, cuja origem não foi explicada pelos tripulantes do carro, que pertence a uma locadora de veículos e tem placas de Belo Horizonte/MG.

O condutor do veículo foi identificado como um homem de 49 anos, natural de Criciúma/SC e com antecedentes criminais naquele estado por injúria e no Rio Grande do Sul por tráfico de entorpecentes. O outro indivíduo de 52 anos, de Canoas, apresenta antecedentes por roubo à residência com sequestro relâmpago, tráfico de entorpecentes e roubos de veículos. A Guarnição do Canil do 2º BPAT foi chamada para uma vistoria apurada no veículo, mas os cães farejadores não encontraram entorpecentes, nem outros produtos.

O dinheiro foi apreendido e levado para a Delegacia de Polícia (DP) de Torres, junto com os dois indivíduos detidos. A Brigada Militar aguardou a apuração do valor total do dinheiro, que foi realizada pelo Banrisul desde o início da manhã de quinta-feira (12/11).

Nesta sexta-feira (13), a comunicação social do  2º BPAT informou a contagem de R$ 1.804.815,00 apreendidos. Conforme o comandante da Companhia Policial-Militar de Capão da Canoa, Juliano Giboski, o dinheiro foi depositado no Banrisul, de acordo com ordem judicial.

Fonte: Brigada Militar

mrsbernardes

mrsbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido