Com gol de Thaciano, Grêmio vence o Juventude e avança na Copa do Brasil

Com gol de Thaciano, Grêmio vence o Juventude e avança na Copa do Brasil

Dois dias depois do Inter bater o Atlético-GO e chegar nas quartas de final da Copa do Brasil, hoje foi a vez do Grêmio fazer sua parte e avançar na competição. Na noite desta quinta (5), o Tricolor venceu o Juventude por 1 a 0 em Caxias do Sul e tornou-se o último classificado à próxima fase da Copa. O gol do Grêmio foi marcado por Thaciano, de cabeça.

Primeiro tempo:
10’
Primeira chance é do Juventude. Bochecha aproveita a sobra de bola na entrada da área e bate pra longe. Ao tentar marcar, Matheus Henrique esbarra no árbitro Marcelo de Lima Henrique.
17’ Ao disputar bola com Geromel, Dalberto deixa o cotovelo no rosto do zagueiro e leva o cartão amarelo.
25’ Marcelo Carné afasta a bola alçada na área do Juventude. A bola para nos pés de Ferreira, que chuta mal.
27’ Primeira boa oportunidade tricolor: Ferreira consegue se desvencilhar de Nery Bareiro e tenta encobrir Marcelo Carné, que defende.
37’ Isaque recebe cartão amarelo por falta em Igor.
38’ Maicon sente o adutor na perna esquerda e tem que ser substituído por Lucas Silva.
42’ Melhor chance da primeira etapa: Diego Souza aciona Matheus Henrique na esquerda, que bate em cima de Carné. A bola sobra para Diego Souza, que gira e bate, mas Nery Bareiro salva praticamente em cima da linha.
Em tempo: parafraseando um dos seriados mais populares da televisão mundial, não foi um primeiro tempo que se diga: “minha nossa, que maravilha de jogo”, mas não foi de todo ruim. Apesar da melhor oportunidade ter sido do Grêmio, foi o Juventude que foi para o vestiário jogando melhor.

Segundo tempo:
0’
Segundo tempo já começa com uma jogadaça de Ferreira na direita; ele cruza fechado, mas Pepê não alcança.
4’ Neto recebe na área e manda uma bomba para ótima defesa de Vanderlei.
7’ Igor tenta uma bola de longe, da esquerda, e a bola bate no cantinho da trave.
9’ Eltinho aplica um drible espetacular em Matheus Henrique e cai na área depois de disputa com Geromel. O time do Juventude pede pênalti, mas o árbitro não marca nada.
19’ Lucas Silva cobra falta, mas pega mal na bola e manda muito longe do gol de Marcelo Carné.
20’ Rafael Silva ganha de Kannemann na disputa por uma bola levantada na área do Grêmio, mas cabeceia para fora.
29’ GOL DO GRÊMIO! Diego Souza recebe de Cortez na esquerda e cruza para Thaciano escorar de cabeça, abrindo o placar para o Grêmio.
30’ MARCELO CARNÉ ESPETACULAR! Pepê aciona Jean Pyerre na entrada da área, que bate para uma ótima defesa de Marcelo Carné. No rebote, o chute de Diego Souza também termina em uma defesa difícil do goleiro do Juventude.
33’ Enfiada de bola fenomenal de Lucas Silva para Pepê, que arranca pela esquerda e corta para o meio, batendo longe do gol.
38’ Jogada de Marciel pela direita termina em uma ótima defesa de Vanderlei.
Em tempo: a entrada de Jean Pyerre na metade da segunda etapa melhorou e muito o desempenho do Grêmio, que até então era constantemente pressionado pelo Juventude. Foi ele quem iniciou a jogada que acabou levando ao gol de Thaciano e, consequentemente, a aumentar a confiança da equipe, que dominou o jogo a partir daí.

Com outra vitória por 1 a 0, o Grêmio venceu o duelo por 2 a 0 no agregado, eliminando o Juventude. Assim, o Tricolor se une aos já classificados América-MG, Ceará, Cuiabá, Flamengo, Inter, Palmeiras e São Paulo nas quartas de final da Copa do Brasil. A definição dos confrontos será amanhã (6), às 11h30, na sede da CBF.

O Grêmio volta a campo no próximo domingo (8), quando visita o Fluminense pelo Brasileirão. Já o Juventude torna suas atenções para a Série B, onde encontra-se em quarto lugar e com chances de subir. Seu próximo compromisso é no domingo, contra o CRB fora de casa.

 

FICHA TÉCNICA:

JUVENTUDE: Marcelo Carné; Igor, Wellington, Nery Bareiro e Eltinho; João Paulo (Jonatas Belusso) e Bochecha (Gabriel Bispo); Dalberto (Marciel), Neto e Breno; Rafael Silva (Carlos Eduardo). Técnico: Pintado.

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, Kannemann e Cortez; Matheus Henrique (Everton) e Maicon (Lucas Silva); Ferreira (Jean Pyerre), Isaque (Thaciano) e Pepê; Diego Souza (Churín). Técnico: Renato Portaluppi.

GOLS:

ARBITRAGEM: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Michael Correia e Luiz Claudio Regazone (todos do RJ). Quarto árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS). Arbitragem de vídeo: Rodrigo Nunes de Sá, auxiliado por Grazianni Maciel Rocha e Carlos Henrique Cardoso de Souza (todos do RJ).

CARTÕES AMARELOS: Dalberto (J); Isaque.

ESTÁDIO: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

jpbernardes

jpbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido