Dez meses após afastamento prefeito André Pacheco reassume prefeitura de Viamão

Dez meses após afastamento prefeito André Pacheco reassume prefeitura de Viamão

Exatamente 10 meses após a Operação Capital desencadeada pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul  o afastar por suspeitas de irregularidades em contratos da prefeitura, o prefeito André Nunes Pacheco retorna à chefia do Poder Executivo viamonense. A informação foi confirmada no final da tarde desta sexta-feira (11), após o Desembargador Júlio Cesar Finger assinar documento o liberando para o retorno à prefeitura.

No despacho, Finger determina a prorrogação da medida que proíbe Pacheco de ter qualquer tipo de contato com os demais investigados na Operação Capital, por pelo menos, outros 90 dias.

Em contato com a reportagem de Bernardes Digital, o prefeito André Pacheco confirmou o retorno ao trabalho já na manhã deste sábado (12) e que, de imediato, vai se inteirar sobre a condição financeira do município.

André Pacheco foi afastado de suas funções legais em 12 de fevereiro. No final de julho o Ministério Público prorrogou o prazo de afastamento por novos 120 dias. Em setembro, após 7 meses de afastamento, Pacheco concedeu uma entrevista à Rádio Metropolitana Web na qual afirmou que não pretende renunciar à prefeitura. Na ocasião falou sobre 5 contratos entre prefeitura e empresas investigadas na operação.

Ao ser afastado de suas funções, André foi imediatamente substituído pelo seu vice, Russinho Elias, falecido em 22 de julho vítima de covid-19. Na sequência o imbróglio político tomou conta de Viamão novamente com a disputa de poder entre os vereadores Evandro Rodrigues e Nadim Harfouche, este último, eleito presidente da câmara de vereadores e, por consequência, elevado à função de prefeito interino da Velha Capital.

Foto: Prefeitura de Viamão

ffbernardes

ffbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido