Em entrevista Dédo fala sobre afastamento e investigação do MP

Em entrevista Dédo fala sobre afastamento e investigação do MP

Na data em que completa 90 dias (metade do prazo) do afastamento do prefeito André Pacheco, de três secretários de governo e de um vereador, o secretário afastado de governo, Éderson Machado, o Dédo, concedeu entrevista ao site Bernardes Digital e nela falou sobre os contratos e as denúncias feitas ao Ministério Público (MP) contra o prefeito e os demais investigados.

Na conversa Dédo afirmou que foram anexados os documentos necessários que, de acordo com ele, comprovam a honestidade dos envolvidos. Frisou que, durante a investigação, o MP não oportuniza o direito de defesa e que esta somente ocorre perante um juiz no transcorrer do processo judicial.

Disse também que o MP pode, a seu critério, inserir novos suspeitos em suas investigações e, ao mesmo tempo, excluir pessoas que julgue não haver envolvimento nos fatos.

Dédo relembrou que os contratos investigados pelo MP são antigos e que o imbróglio iniciou após a ruptura política entre André Pacheco e o ex-prefeito Valdir Bonatto. Por mais de uma vez Dédo afirmou Pacheco fez as primeiras denúncias e que “ele esta respondendo isso, dentro do que ele (André), colocou numa ata atuarial encaminhada ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas”.

Confira a íntegra da entrevista no player abaixo:

ffbernardes

ffbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido