Empresários organizam carreata pedir reabertura do comércio em Viamão

Um grupo de empresários de diversos ramos de atuação e que não tem autorização da prefeitura para operar suas empresas durante o período de validade do Decreto de Calamidade Pública, em Viamão, organizam para a próxima segunda-feira (30), uma carreata na tentativa de sensibilizar o poder público da necessidade de abertura do comércio.

A ação de segunda-feira segue uma tendência que começa a ocorrer em outras cidades no interior gaúcho. Hoje (27), por exemplo, está prevista uma manifestação em Passo Fundo. Lá a ação está prevista para iniciar às 14 horas.

A empresária Tássia Lopes, durante contato da reportagem de Bernardes Digital, confirmou a busca por orientações junto aos órgãos responsáveis pelo trânsito, como Grupo Rodoviário da Brigada Militar, a própria Brigada Militar e também a Empresa Pública de Trânsito de Viamão (EPTV).

Conforme Tácia, proprietária da loja Tok Perfeito, a ação “procura ter visibilidade. Queremos que este nosso manifesto chegue ao governador do estado, pois ele é quem está proibindo, colocando este decreto. Então a gente quer ser visto” – afirmou.

O evento organizado por Tássia e sua sócia Katiussia  Nascimento está previsto para iniciar às 10 horas de segunda-feira, dia 30. A carreata deve partir da parada 56 da ERS-040, seguir até o retorno do Cocão e voltar para o centro da cidade.

Atualização: De acordo com a organização, uma reunião foi agendada para a manhã de segunda-feira, no horário previsto para a manifestação. Neste encontro estarão, além do prefeito, os representantes dos empresários. Se no encontro ficar definida a manutenção do atual decreto, então, a carreata prevista para o turno da manhã vai ocorrer a partir das 14 horas.

ffbernardes

ffbernardes

Um comentário em “Empresários organizam carreata pedir reabertura do comércio em Viamão

  1. Essa pessoa Tassia é uma irresponsável, sem noção nenhuma sobre a gravidade da situação, bom na verdade é uma imbecil para organizar carreata . E o senhor prefeito vai apoiar uma estupidez desta ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: