Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 é cancelado devido ao coronavírus

Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 é cancelado devido ao coronavírus

A Fórmula 1 anunciou na noite desta quinta-feira (12) o cancelamento de todas as atividades relacionadas ao Grande Prêmio da Austrália, que abriria a temporada 2020 no próximo domingo (15). O cancelamento se deu devido à ameaça do COVID-19 ter chegado ao paddock, infectando um funcionário da McLaren e deixando outras várias pessoas sob suspeita.

Com a alteração, foram cancelados também os treinos livres, realizados na sexta e sábado, e o treino classificatório, que ocorreria também no sábado. Outros eventos destinados aos fãs também foram cancelados.

Segundo a organização da Fórmula 1, a decisão foi tomada em conjunto entre a F1, a FIA e os chefes das nove equipes que deveriam participar da prova do final de semana – a McLaren já havia anunciado que não correria.

 

Confira a nota divulgada pela Fórmula 1 (em tradução livre):

“Após a confirmação de um membro da equipe McLaren testar positivo para o COVID-19 e a decisão da equipe de desistir do Grande Prêmio da Austrália, a Fórmula 1 e a FIA convocaram uma reunião com os chefes das novas equipes na noite desta quinta-feira. As discussões foram concluídas com a maioria das equipes concordando que a corrida não deveria seguir em frente.

A Fórmula 1 e a FIA, com o total apoio da organização do Grande Prêmio da Austrália (AGPC) tomaram a decisão de cancelar todas as atividades relacionadas ao Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1.

Nós compreendemos que as notícias são desanimadoras para os milhares de fãs que compareceriam à corrida e todos que adquiriram ingressos serão reembolsados. Novas informações serão divulgadas em breve.

As partes envolvidas levaram em consideração todos os esforços da AGPC, Motorsport Australia, equipe e voluntários para montar a abertura do Campeonato Mundial de Fórmula Um de 2020 em Melbourne, mas concluíram que a segurança de todos os membros da família da Fórmula 1 e da comunidade geral, assim como a justiça da competição, devem ser prioridade.”

jpbernardes

jpbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido