Grêmio empata nos acréscimos e decisão contra o Santos fica para o jogo da volta.

Grêmio empata nos acréscimos e decisão contra o Santos fica para o jogo da volta.

Depois de mais de 100 minutos entre o apito inicial e o final, Grêmio e Santos empataram em 1 a 1 na primeira partida das quartas de final da Libertadores, disputada na noite desta quarta-feira (9), em Porto Alegre. O Tricolor jogou mal no primeiro tempo, tanto que levou o gol de Kaio Jorge em uma falha de Vanderlei, mas cresceu muito no segundo e graças a um gol de pênalti de Diego Souza aos 56 minutos evitou a derrota para o Peixe.

Primeiro tempo:
3’ Pinares cobra escanteio da esquerda e Kannemann cabeceia por cima do gol.
17’ Jobson arranca do meio do campo e bate para uma defesa tranquila de Vanderlei.
21’ Jogadores do Santos pedem pênalti de Kannemann em cima de Marinho quando o jogador santista tromba com o zagueiro gremista dentro da área, mas o árbitro não marca nada.
35’ GOL DO SANTOS! Depois da bola que Vanderlei afasta de dentro da área, Felipe Jonathan chuta de longe e Kaio Jorge desvia para dentro do gol.
37’ Diogo Barbosa fica caído após sofrer uma falta e Jobson chuta a bola no lateral gremista, provocando um empurra-empurra entre jogadores de ambas equipes.
39’ O árbitro expulsa Pinares após uma suposta falta de Pinares em Diego Pituca, mas após conferir no VAR confirma que o jogador gremista não só foi apenas na área como sofreu a falta no lance, aplicando o amarelo ao jogador do Santos.
Em tempo: um jogo ruim do time do Grêmio nesse primeiro tempo. O time de Renato concluiu pouco e deixou o Santos abrir o placar em uma jogada iniciada em uma falha de Vanderlei. Destaque negativo para a arbitragem do paraguaio Juan Benítez, que distribuiu seis cartões e quase expulsou o meia Pinares por um lance em que ele era a vítima da falta.

Segundo tempo:
1’ Após cobrança de falta, Marinho recebe a sobra na entrada da área e manda por cima do gol.
5’ Diego Pituca tenta de longe e Vanderlei defende.
6’ Escanteio cobrado da esquerda, a bola respinga no meio da área e sobra para Matheus Henrique concluir para fora.
7’ Marinho dá um carrinho forte em Vanderlei e os dois ficam caídos dentro da área. O jogo é paralisado para atendimento aos jogadores.
14’ Diego Souza recebe dentro da área e bate em cima do marcador.
20’ David Braz cobra falta do meio da rua e John faz grande defesa, mandando a bola pela linha de fundo.
21’ Na cobrança de escanteio, Diego Souza cabeceia no chão e John faz outra boa defesa.
23’ Diego Pituca manda uma bomba para boa defesa de Vanderlei; no rebote, Darlan se atrapalha e Kaio Jorge manda para fora.
36’ Pepê cai sozinho na área e o árbitro não marca nada.
41’ Cobrança de falta de David Braz desvia na barreira e vai pela linha de fundo.
45’ Madson puxa um contra-ataque espetacular pela esquerda e cruza para Jean Mota que, praticamente sem goleiro, cabeceia para fora.
46’ EXPULSO! Diego Pituca impede o ataque do Grêmio, leva o segundo amarelo e, consequentemente, o vermelho.
49’ Ferreira cruza da direita e a bola bate no braço de Vinícius Balieiro dentro da área. O árbitro confere no vídeo e, depois de muita deliberação, marcou o pênalti.
56’ GOL DO GRÊMIO! Diego Souza bate forte no canto direito e empata o jogo para o Grêmio.
Em tempo: o Grêmio cresceu muito em comparação ao primeiro tempo. Pressionou o time do Santos em jogadas de bola parada, fazendo o goleiro John trabalhar. Melhorou consideravelmente graças as entradas de Darlan e Ferreira. Conseguiu o empate no sufoco, no pênalti convertido por Diego Souza aos 56 minutos e vai para o jogo da volta em uma situação menos incômoda.

O empate em 1 a 1 deixa tudo indefinido no confronto entre Grêmio e Santos. Quem vencer a segunda partida, marcada para a próxima quarta-feira (16) na Vila Belmiro, fica com a vaga na semifinal. Empate em 0 a 0 classifica o Santos; 1 a 1 leva para os pênaltis; 2 a 2 para cima dá a classificação ao Tricolor.

O Grêmio volta a campo no próximo sábado (12), quando visita o Goiás pelo Brasileirão.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz (Churín), Geromel, Kannemann (David Braz) e Diogo Barbosa; Maicon (Darlan) e Matheus Henrique; Luiz Fernando (Ferreira), Pinares (Éverton) e Pepê; Diego Souza. Técnico: Renato Portaluppi.

SANTOS: John; Pará (Jean Mota), Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonathan; Sandry (Vinícius Balieiro), Jobson (Alison), Diego Pituca e Lucas Braga; Marinho (Bruninho) e Kaio Jorge (Madson). Técnico: Cuca.

GOLS: Diego Souza (G); Kaio Jorge (S).

ARBITRAGEM: Juan Benítez, auxiliado por Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar (trio paraguaio). Quarto árbitro: José Mendez (Paraguai). Arbitragem de vídeo: Eber Aquino (Paraguai), auxiliado por Eduardo Gamboa (Chile).

CARTÕES AMARELOS: Matheus Henrique, Maicon, Diogo Barbosa (G); Luan Peres; Jobson, Diego Pituca (2x), Sandry (S).

CARTÕES VERMELHOS: Diego Pituca (S).

ESTÁDIO: Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

jpbernardes

jpbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido