Grêmio vira no fim, vence o Inter e larga na frente na decisão do Gauchão

Grêmio vira no fim, vence o Inter e larga na frente na decisão do Gauchão

O Grêmio largou na frente na disputa do título gaúcho de 2021. No primeiro jogo da decisão, disputado na tarde deste domingo (16) no Beira-Rio, o time treinado por Tiago Nunes saiu perdendo para o Internacional ainda no primeiro tempo – gol de Thiago Galhardo, – mas voltou mais forte para o segundo tempo e com dois gols de cabeça, um de Diego Souza e outro de Ricardinho, conseguiu a virada e fica com a vantagem do empate para o jogo da volta.

PRIMEIRO TEMPO:
5’
Nonato dribla Brenno e cai dentro da área. Os colorados pedem pênalti, mas o árbitro Anderson Daronco nada marca.
13’ Luiz Fernando sofre falta de Moisés, prende o pé no gramado e não consegue permanecer em campo. Léo Pereira o substitui.
19’ Geromel surpreende a saída de bola colorada e conclui de fora da área; a bola passa perto do gol de Marcelo Lomba.
26’ GOL DO INTER! Edenilson recebe um belo lançamento de Cuesta, encobre Brenno e Thiago Galhardo empurra para dentro do gol. Placar aberto no Gre-nal 431.
30’ Ferreira tenta a jogada, cai, levanta, arruma espaço e bate por cima do gol.
38’ Rodinei cruza muito forte do lado direito e a bola sai pelo lado esquerdo do campo.
49’ Edenilson se choca com Diego Souza e desaba com dores na costela.
50’ Matheus Henrique recebe o passe sozinho no lado direito, arranca sem marcação e bate para a defesa de Lomba.
Em tempo: o primeiro tempo teve bastante estudo de ambos os lados, mas no final das contas quem se saiu melhor foi o Internacional: teve o controle da posse de bola e, apesar de chegar menos ao ataque, chegou com mais eficiência – prova disso é o gol de Thiago Galhardo. Quanto ao Grêmio, a quantidade de erros de passes foi muito acima da média, precisando melhorar muito para a segunda etapa.

SEGUNDO TEMPO:
4’
QUASE! Diogo Barbosa faz o cruzamento da esquerda, a bola tem um pequeno desvio em Palacios e Moisés salva em cima da linha.
8’ Nonato avança como quer pelo meio do campo, tabela com Edenilson e toca para Palacios, que bate de primeira para fora.
9’ Boa jogada de Diogo Barbosa pelo lado direito. Ele chega a cruzar, mas a bola passa por todo mundo.
13’ GOL DO GRÊMIO! Lucas Silva cobra falta do lado esquerdo e Diego Souza, sem marcação, sobe mais que todo mundo para escorar de cabeça e empatar o jogo.
28’ Rafinha comete falta em cima de Nonato e recebe o cartão amarelo.
32’ Nonato cruza, gera o bate-rebate dentro da área e a bola sobra para Caio Vidal concluir; Brenno defende com o pé.
36’ Léo Pereira divide com Moisés e fica caído dentro da área. O time do Grêmio pede pênalti, mas o árbitro não marca.
43’ GOL DO GRÊMIO! Léo Pereira recebe de Darlan e cruza na medida para Ricardinho cabecear para dentro e marcar o gol da virada tricolor.
48’ INACREDITÁVEL! Caio Vidal faz o cruzamento rasteiro para Marcos Guilherme, que manda no travessão. No rebote, Brenno afasta.
Em tempo: o Grêmio voltou muito mais disposto para a segunda etapa no Beira-Rio. Pressionou o Inter durante quase todo o segundo tempo, empatou com Diego Souza na bola parada e conseguiu a virada com outro gol de cabeça, este de Ricardinho. O Inter poderia muito bem ter empatado com Marcos Guilherme, mas quis o destino – e o travessão – que o atacante não marcasse.

A vitória por 2 a 1 deixa o Grêmio mais próximo do tetracampeonato estadual, precisando apenas de um empate para levantar a taça no próximo domingo (23), na Arena. Já o Inter precisa de uma vitória por dois gols de diferença. Triunfo colorado por um gol leva a decisão para os pênaltis.

Tanto Grêmio quanto Internacional voltam a campo na quinta-feira (20). O Colorado entra em campo primeiro, às 21h, quando visita o Olimpia pela Libertadores. Pouco depois, às 21h30, é o Grêmio quem entra em campo contra o Aragua, na Venezuela, pela Copa Sul-Americana.

 

FICHA TÉCNICA:

INTER: Marcelo Lomba; Rodinei, Zé Gabriel (Lucas Ribeiro), Cuesta e Moisés; Nonato (Marcos Guilherme), Rodrigo Dourado e Edenilson; Palacios (Yuri Alberto), Thiago Galhardo (Praxedes) e Mauricio (Caio Vidal). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

GRÊMIO: Brenno; Rafinha, Geromel, Ruan e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Maicon (Darlan) e Lucas Silva (Fernando Henrique); Luiz Fernando (Léo Pereira), Diego Souza (Ricardinho) e Ferreira. Técnico: Tiago Nunes.

GOLS: Thiago Galhardo (I); Diego Souza, Ricardinho (G).

ARBITRAGEM: Anderson Daronco, auxiliado por Lucio Flor e André Bitencourt. Árbitro de vídeo: Adriano Milczvski.

CARTÕES AMARELOS: Rodrigo Dourado, Praxedes (I); Léo Pereira, Maicon, Rafinha, Ruan, Fernando Henrique (G).

ESTÁDIO: Beira-Rio, em Porto Alegre.

jpbernardes

jpbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido