Inter fica no 0 a 0 com o América de Cali em jogo morno pela Libertadores; resultado leva o Grêmio às oitavas

Inter fica no 0 a 0 com o América de Cali em jogo morno pela Libertadores; resultado leva o Grêmio às oitavas

Depois de ver o Grêmio vencer a Universidad Católica em casa e praticamente garantir sua classificação às oitavas, o Internacional entrou em campo nesta terça-feira (23) precisando da vitória para juntar-se ao rival na próxima fase da Libertadores. Entretanto, em um jogo de finalizações imprecisas e com um jogador a menos durante um terço da partida, o Colorado não saiu do 0 a 0 contra o América de Cali na Colômbia. Além disso, o empate garantiu a classificação do Tricolor ao mata-mata da competição.

Primeiro tempo:
0’
Com menos de um minuto de jogo, Paz comete falta dura em Nonato e é amarelado.
9’ Leo Borges é desarmado e a bola chega em Batalla que toca para Sierra bater para defesa segura de Marcelo Lomba.
10’ Saravia sofre falta e sente dores no joelho direito. Ele tem que sair de maca e é substituído por Heitor.
25’ Heitor é acionado na entrada da área e tenta de primeira; Graterol defende.
29’ Escanteio cobrado para cabeceio de Batalla; bola vai nas mãos do goleiro Marcelo Lomba.
43’ Depois da cobrança de escanteio, Segovia manda a bola para muito longe do gol.
Em tempo: foi uma primeira etapa de boas tentativas para ambas as equipes. Enquanto os donos da casa cometiam falta atrás de falta, o Colorado criava oportunidades dos dois lados, mas nenhuma tão bem sucedida. No final das contas, o primeiro tempo em Cali foi marcado mais pela chuva do que pelo futebol.

Segundo tempo:
6’
Primeira chegada do segundo tempo é do América: Segovia cobra falta e Rodrigo Moledo afasta.
8’ É a vez do Inter tentar o gol em um lance similar. Desta vez, quem efetua a cobrança é Leandro Fernández e Graterol faz boa defesa.
12’ Antes de uma cobrança de falta para o time colombiano, o já amarelado Leandro Fernández dá uma cotovelada no rosto de Torres e leva o vermelho direto, deixando o Inter com um jogador a menos.
16’ Bola levantada na área encontra Ramos, que cabeceia para uma defesa fenomenal de Lomba. A bola segue em jogo, chegando em Batalla, que chuta para fora.
27’ Boschilia cobra bem a falta e Graterol segura firme.
31’ Melhor chance do Inter: Thiago Galhardo aciona Patrick pela esquerda, que tenta de primeira e por cima da meta.
34’ Chance de maior perigo do jogo é do América: Moreno tenta o chute da entrada da pequena área, Moledo desvia e a bola vai no travessão.
49′ Inter tenta a jogada de contra-ataque mas a zaga do América faz o desarme.
Em tempo: se o primeiro tempo foi morno, o segundo não foi tão diferente. A não ser pela expulsão de Leandro Fernández e de uma bola no travessão da equipe do América, foram mais 45 minutos de um jogo morno e de chances imprecisas que tiraram toda a emoção que uma partida de Libertadores deve ter. Ou seja, foi a mesma coisa que o primeiro tempo, mas sem chuva e sem um jogador.

O empate em 0 a 0 derruba o Inter para a segunda posição do grupo E da Libertadores, deixando o Colorado com 8 pontos. Em primeiro está o Grêmio, já classificado, com 10 pontos. O América de Cali fica em terceiro com cinco e, na lanterna, a já eliminada Universidad Católica com quatro.

O Inter volta a campo no próximo sábado (3) quando visita o Tricolor pelo Brasileirão na disputa do Gre-Nal 428. Pela Libertadores, O Colorado define sua classificação contra a Universidad Católica fora de casa no dia 22.

 

FICHA TÉCNICA:

América de Cali: Graterol; Ureña, Torres, Segovia e Velasco; Carrascal, Paz (Jaramillo) e Sierra; Arias (Cabrera) e Batalla (Moreno); Ramos. Técnico: Juan Cruz Real.

Inter: Marcelo Lomba; Saravia (Heitor), Rodrigo Moledo, Cuesta e Leo Borges; Rodrigo Lindoso; Nonato (Musto), Praxedes (Boschilia) e Patrick; Thiago Galhardo (Abel Hernández) e Leandro Fernández. Técnico: Eduardo Coudet.

ARBITRAGEM: Guillermo Guerrero (Equador), auxiliado por Byron Romero (Equador) e Luis Murillo (Venezuela). Quarto árbitro: Jesús Valenzuela (Venezuela).

CARTÕES AMARELOS: Paz, Velasco, Carrascal (A); Leandro Fernández, Rodrigo Moledo (I).

CARTÕES VERMELHOS: Leandro Fernández (I).

ESTÁDIO: Pascual Guerrero, em Cali (Colômbia)

jpbernardes

jpbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido