O que vocês fez nos últimos 145 dias?

O que vocês fez nos últimos 145 dias?

A pergunta da manchete não é para nos lembrar os fatos que marcaram nossa vida pessoal e sim para nos fazer pensar o quanto a comunidade viamonense já perdeu em aproximadamente 5 meses.

A pandemia do novo coronavírus nos trouxe um novo modo de viver. Se antes o medo era sair à rua e ser vítima do violência, hoje, para muitos, isso não faz tanto sentido. Há 5 meses se discutia se precisaríamos utilizar máscaras e qual o material mais adequado para confeccioná-las. Hoje pensamos se a nova rotina, de utilizar o equipamento em público, não ficará para sempre com o objetivo de proteger a saúde contra o invisível.

Em 145 dias perdemos empregos; deixamos de comemorar o aniversário dos filhos; fomos obrigados a abandonar nossos hábitos saudáveis como caminhar na Orla, na Redenção, em Itapuã, no Lago Tarumã. Não fomos à Missa, ao Culto, à Palestra Espírita, ao Terreiro de Umbanda. Não fomos à Escola ou à faculdade.

Deixamos para trás nosso bem maior: a Família. Não aquela que mora conosco, afinal, estas pessoas são as que nos trazem força para continuar lutando, e sim, em muitos casos, pais, avós, tios e irmãos que, assim como nós, precisam continuar a luta.

Pois bem!

De 21 de março e 12 de agosto se passaram 145 dias. Foram 3.480 horas de, até aqui, medos e angústias em função do desconhecido invisível que atingiu o mundo. Nesta segunda-feira, 12 de agosto, após 145 dias de tentativas, frutíferas ou não, Viamão, a Velha Capital do Rio Grande do Sul atingiu, e ultrapassou, a marca dos 100 óbitos causados pelo novo coronavírus.

A confirmação dos números ocorre no boletim epidemiológico diário divulgado pela equipe de vigilância em saúde do município. Ao todo Viamão chora por 101 vítimas fatais.

O texto confirma ainda um total de 77 novos testes positivos para a virose, com isso Viamão chega a um 759 pessoas contaminadas. Em termos relativos, o município tem hoje um índice de letalidade na ordem de 13,3%, ou seja, são 133 óbitos para cada mil moradores.

Os novos óbitos registrados e ratificados pelo governo do estado são para pessoas residentes nos bairros Fiúza, Itapuã, Vila Elsa e Krahe. As vítimas são uma mulher e 3 homens.

A paciente do sexo feminino tinha 85 anos e faleceu no último dia 9. Os homens tinham 55, 67 e 74 anos e seus óbitos ocorreram em 19 de julho, 06 e 11 de agosto.

O estado informou ainda que, dentre os homens, o paciente mais idoso não estava hospitalizado. Este é, portanto, para a pasta estadual o segundo morador de Viamão falecido vítima da Covid-19 e que não estava internado. O caso anterior foi de um paciente, morador da São Lucas que faleceu em 12 de julho. Por outro lado, o estado confirmou que o número de pacientes recuperados chegou a 589.

ffbernardes

ffbernardes

Um comentário em “O que vocês fez nos últimos 145 dias?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido