Palmeiras perde para o Al-Ahly nos pênaltis e termina o Mundial em quarto

Palmeiras perde para o Al-Ahly nos pênaltis e termina o Mundial em quarto

Terminou de vez a participação do Palmeiras no Mundial de Clubes, disputado no Catar. Após ser eliminado pelo Tigres no último domingo, o time treinado pelo português Abel Ferreira se despediu da competição com uma derrota para o Al-Ahly, do Egito, em partida disputa nesta quinta-feira (11). O jogo terminou empatado em 0x0, mas nos pênaltis prevaleceu a equipe [alviverde/africana], vencendo por 3 a 2.

PRIMEIRO TEMPO:
10’
Após a zaga do Al-Ahly afastar a bola vinda de uma cobrança de escanteio, Rony tenta uma bicicleta de longa distância; El Shenawy faz a defesa tranquila.
25’ Primeira chegada real é da equipe egípcia: El Soulia tira de Felipe Melo e bate cruzado, à esquerda do gol de Weverton.
27’ Weverton recebe o primeiro cartão amarelo do jogo por reclamação.
32’ Depois de cobrança de escanteio, a bola sobra para Rony, que bate de fora da área para longe do gol.
37’ Afsha recebe a bola em profundidade, mas pressionado por Viña e com o espaço acabando, chuta para fora.
39’ Primeira chance real do Palmeiras: Viña cruza da esquerda, Rony cabeceia e El Shenawy defende.
40’ Rony cobra escanteio do lado direito e Luiz Adriano desvia de cabeça; El Shenawy segura firme.
46’ Willian recebe cartão amarelo por falta em Fathy.
Em tempo: Um fraquíssimo primeiro tempo de ambas as partes. Tanto Palmeiras como Al-Ahly fizeram apenas o suficiente para não irem perdendo para o intervalo. E convenhamos, cada time ter apenas uma chegada perigosa na primeira etapa faz parecer que ninguém queria ficar com o terceiro lugar.

SEGUNDO TEMPO:
5’
Bola retomada pelo Palmeiras no meio-capo leva a um contra-ataque rápido. A bola chega para Rony bater, mas a zaga do Al-Ahly desvia pela linha de fundo.
8’ Após uma dividida com Gustavo Gómez, Bwalya fica caído no gramado com um corte no supercílio. Ele é substituído por Ajayi.
21’ NÃO VALE! Hany cruza da direita e El Soulia bate de voleio para uma defesa espetacular de Weverton. Ajayi marca no rebote, mas o impedimento é assinalado.
23’ Patrick de Paula impede o contra-ataque de Hany e leva o cartão amarelo.
34’ Patrick de Paula recebe a bola longa na entrada da área, sai da marcação e bate cruzado, para fora.
Em tempo: O segundo tempo foi tão fraco quanto o primeiro. A única diferença é que este teve um gol – ainda que anulado, um gol – do Al-Ahly. Nenhuma das equipes conseguiu o necessário para evitar a disputa de pênaltis que se sucedeu.

PÊNALTIS:
GOL DO AL-AHLY!
Benoun bateu no lado esquerdo, Weverton caiu para o direito. Al-Ahly 1×0 Palmeiras.
DEFENDEU! Rony bateu mal e El Shenawy defendeu com facilidade. Al-Ahly 1×0 Palmeiras.
DEFENDEU! El Soulia bate no canto esquerdo e Weverton faz boa defesa. Al-Ahly 1×0 Palmeiras.
PARA FORA!
Luiz Adriano chuta à direita do gol de El Shenawy. Al-Ahly 1×0 Palmeiras.
NA TRAVE!
Cobrança de Marwan Mohsen vai direto no poste. Al-Ahly 1×0 Palmeiras.
GOL DO PALMEIRAS!
Gustavo Scarpa bate forte no canto, sem chances para o goleiro. Al-Ahly 1×1 Palmeiras.
GOL DO AL-AHLY!
Hany bate forte, no meio e Weverton deixa passar. Al-Ahly 2×1 Palmeiras.
GOL DO PALMEIRAS!
Gustavo Gómez cobra no cantinho direito, deslocando o goleiro. Al-Ahly 2×2 Palmeiras.
GOL DO AL-AHLY!
Ajayi bateu no alto, firme, fazendo o terceiro da equipe egípcia. Al-Ahly 3×2 Palmeiras.
DEFENDEU!
Felipe Melo cobra mal e El Shenawy espalma. Placar final: Al-Ahly 3×2 Palmeiras.

O próximo compromisso do Palmeiras será no próximo domingo (14), quando recebe o Fortaleza pelo Brasileirão. Será o início de uma verdadeira maratona para o time alviverde, culminando na decisão da Copa do Brasil contra o Grêmio, marcada para os dias 28 de fevereiro e 7 de março.

 

FICHA TÉCNICA:

AL-AHLY: El Shenawy; Hany, Ibrahim, Benoun e Ayman; Fathy e El Soulia; Taher (Marwan Mousen), Afsha (Sherif) e Akram (Dieng); Bwalya (Ajayi). Técnico: Pitso Mosimane.

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Mayke; Felipe Melo e Patrick de Paula (Danilo); Raphael Veiga (Gustavo Scarpa), Luiz Adriano e Rony; Willian (Gabriel Menino). Técnico: Abel Ferreira.

ARBITRAGEM: Maguette N’Diaye, auxiliado por Djibril Camara e El Hadji Samba (trio senegalês). Quarto árbitro: Mario Escobar (Guatemala). Arbitragem de vídeo: Drew Fischer (Canadá), auxiliado por Redouane Jiyed (Marrocos).

CARTÕES AMARELOS: Weverton, Willian, Patrick de Paula (P).

ESTÁDIO: Education City Stadium, em Al Rayyan (Catar).

jpbernardes

jpbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido