Palmeiras perde para o Tigres e dá adeus ao sonho do Mundial

Palmeiras perde para o Tigres e dá adeus ao sonho do Mundial

O sonho do primeiro título mundial do Palmeiras chegou ao fim neste domingo (7). A equipe alviverde, campeã da Libertadores no último final de semana, deixou a competição ao perder para o Tigres, do México, por 1 a 0 na semifinal do Mundial de Clubes disputado no Catar. O gol da equipe mexicana foi marcado por Gignac, de pênalti.

PRIMEIRO TEMPO:
2’
Rony recebe a bola lançada pela esquerda, carrega e faz o cruzamento próximo da linha de fundo, mas ninguém alcança. O lance seria invalidado, uma vez que o atacante palmeirense estava em posição de impedimento.
3’ Rodríguez cruza da direita, González cabeceia e Weverton faz uma defesa brilhante.
17’ Rony manda uma bomba de fora da área para grande defesa de Guzmán. No rebote Gabriel Menino, impedido, manda por cima do gol.
30’ Danilo disputa a bola com Dueñas no lado direito da área e cruza para Luiz Adriano, que finaliza mal. O árbitro marcou falta de ataque do volante.
31’ Gabriel Menino entra forte em Quiñones e recebe o primeiro cartão amarelo do jogo.
33’ Quiñones recebe de Gignac dentro da área e devolve para o francês, que bate para Weverton evitar o gol da equipe mexicana.
36’ Cruzamento na área palmeirense chega em Gignac, que cabeceia baixo no canto direito; Weverton salva.
44’ Aquino levanta Rony no campo de defesa do Palmeiras e é amarelado.
Em tempo: O primeiro tempo foi marcado por um duelo particular entre Gignac e Weverton. O atacante francês da equipe do Tigres praticamente deitou e rolou no campo de ataque palmeirense, parando sempre no arqueiro alviverde. Melhores chances do Palmeiras 45 minutos iniciais vieram dos pés de Rony ainda na primeira metade do jogo.

SEGUNDO TEMPO:
4’
Cruzamento fechado de Quiñones para nas mãos de Weverton.
6’ PÊNALTI! Luan puxa a camisa de González dentro da área e o árbitro assinala penalidade máxima. O zagueiro palmeirense recebeu cartão amarelo.
8’ GOL DO TIGRES! Gignac converte a penalidade no canto esquerdo. Weverton caiu para o lado certo, mas não alcançou.
11’ NÃO VALE! Raphael Veiga cobra falta do lado direito e Gustavo Gómez cabeceia para o meio, onde Viña trabalha e Rony desvia de cabeça para dentro do gol. O lance foi anulado pelo árbitro por impedimento dos jogadores palmeirenses.
31’ Willian recebe a bola avançada e toca para Luiz Adriano, que na tentativa de tocar de letra acaba furando. A bola sobra para Rodríguez, que tira a bola do campo de jogo.
38’ Willian recebe de Luiz Adriano e faz a devolução, mas Luiz Adriano chuta para longe do gol.
38’ Cartão amarelo para Guzmán, goleiro do Tigres, por cera.
43’ Gustavo Scarpa tenta o cruzamento de longa distância e Rony aparece para concluir; Guzmán defende.
50’ Bola sobra para Viña, que bate da entrada da área. Há um desvio, mas a bola passa à esquerda do gol.
Em tempo: O duelo que marcou o primeiro tempo também acabou por decidir a partida. Após o pênalti bobo cometido por Luan, Weverton caiu para o lado certo, mas não foi capaz de defender a cobrança do francês Gignac, que escreve mais uma página em sua longa história no Tigres, classificando a equipe para sua primeira final de Mundial e encerrando o sonho do título alviverde.

Esta é a primeira vez que um time mexicano consegue a classificação para a final do Mundial de Clubes. Na decisão, marcada para a próxima quinta-feira, o Tigres encara o vencedor do duelo entre Bayern de Munique e Al-Ahly, do Egito. Ao Palmeiras resta apenas disputa do terceiro lugar, também na quinta.

 

FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gómez e Viña; Danilo (Felipe Melo) e Zé Rafael (Patrick de Paula); Gabriel Menino (Willian), Raphael Veiga (Gustavo Scarpa) e Rony; Luiz Adriano. Técnico: Abel Ferreira.

TIGRES: Guzmán; Rodriguez, Reyes, Salcedo e Dueñas (Meza); Rafael Carioca e Pizarro; Quiñones (Fulgencio), González e Aquino (Sierra); Gignac. Técnico: Tuca Ferretti.

GOLS: Gignac (T).

ARBITRAGEM: Danny Makkelie, auxiliado por Mario Diks e Hessel Steegstra (trio holandês). Quarto árbitro: Maguette N’Diaye (Senegal). Arbitragem de vídeo: Kevin Blom, auxiliado por Jochem Kamphuis (ambos holandeses).

CARTÕES AMARELOS: Gabriel Menino, Luan (P); Aquino, Guzmán (T).

ESTÁDIO: Education City Stadium, em Al Rayyan (Catar).

jpbernardes

jpbernardes

Um comentário em “Palmeiras perde para o Tigres e dá adeus ao sonho do Mundial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido