Polícia Civil esclarece morte de produtor rural ocorrida em Águas Claras, Viamão

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Viamão, esclareceu a morte de um produtor rural ocorrida no dia 12 de março, na localidade de Águas Claras em Viamão. Os dois suspeitos já estavam recolhidos ao sistema prisional, pois haviam sido presos pela Brigada Militar dias após o crime, por porte ilegal de arma de fogo, e foram cientificados hoje sobre os mandados de prisão preventiva nesta sexta-feira (15).

Segundo o delegado Guilherme Calderipe, a vítima foi encontrada morta no interior do próprio sítio, amarrada e com sinais de ter sido torturada. “Um dos presos era vizinho e ex-funcionário da vítima. Os dois foram reconhecidos no decorrer do inquérito policial e um deles chegou a confessar a participação no crime. Segundo um dos suspeitos, o plano foi arquitetado pelo ex-funcionário da vítima, para que armas e dinheiro fossem subtraídos do sítio”, explicou o delegado.

Os autores utilizaram o próprio carro do produtor rural para subtrair alguns objetos, incendiando o veículo na sequência. A arma apreendida com eles na ocasião da prisão em flagrante era pertencente à vítima.

Com informações da Polícia Civil

ffbernardes

ffbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido