Pré-candidato à prefeitura de Viamão pelo PSOL fala em auditoria nas contas públicas e discussões comunitárias em Viamão

Pré-candidato à prefeitura de Viamão pelo PSOL fala em auditoria nas contas públicas e discussões comunitárias em Viamão

Em entrevista na noite de ontem (26), na Metropolitana TV o pré-candidato à prefeitura de Viamão, pelo PSOL, Adriano Ricoldi, e a pré-candidata a vice-prefeita Lurdinha Ambrósio, falaram sobre suas propostas para o desenvolvimento do município.

Em sua fala inicial o político afirmou que é preciso realizar uma construção comunitária, um movimento social com atividade sindical para que se possa dar melhores salários e melhor vida para a população.

Para ele é preciso que os postos de saúde tenham medicamentos e que as ruas tenham calçamento adequado. Ricoldi afirmou que a saúde é sua prioridade fundamental e para isso deseja retirar as empresas terceirizadas do setor, uma vez que estas já se tornaram inviáveis. Para o pré-candidato é preciso municipalizar ao máximo as ações sanitárias.

No quesito educacional, Ricoldi afirmou que é preciso mudar o atual sistema alfa e beto. Disse que é preciso ter prioridade na instalação de creches para que as mães possam trabalhar. Já a pré-candidata a vice-prefeita Lurdinha Ambrósio afirmou que o sistema é bastante prejudicial às crianças, uma vez que estas precisam, segundo ela, aprender conteúdos a toque de caixa para que as professoras vençam o conteúdo.

Quando pautado sobre o setor econômico, Adriano Ricoldi explicou sua maneira para que haja aumento de arrecadação no município. Disse que se eleito vai realizar uma auditoria fiscal nas contas do município. Afirmou ainda que deseja criar métodos para o beneficiamento do arroz, uma vez que o grão não é tratado no município e com isso há perda de dinheiro através de impostos. Ricoldi disse que é preciso rever o reajuste fundiário no município, porém essa discussão precisa ser feita de maneira coletiva.

O político disse ainda que é preciso apoiar o produtor rural e também os pequenos empreendedores de Viamão. Afirmou ser necessário trabalhar o turismo ecológico.

Na administração, o pré-candidato afirma que deseja reduzir em 90% a quantidade de cargos de confiança e ampliar as vagas de serviço através de concursos públicos. Disse que o custo de pagamento para uma empresa terceirizada é o mesmo que a prefeitura gastaria com funcionários próprios.

Sobre a vinda de indústrias, Ricoldi diz pretender fazer com que empresas viamonenses se desenvolvam e possam se estabelecer nos distritos industriais. Frisou que pode utilizar o local como espaço para a propagação de cultura. Porém reiterou a importância de criar discussões com a comunidade.

Quanto ao saneamento básico, o pré-candidato do PSOL disse que deseja trabalhar ao máximo as ações relacionadas a reciclagem de lixo.

Por fim, Ricoldi afirmou que a empresa de ônibus age de maneira criminosa no município citando como exemplo o momento de pandemia.  Para ele seria preciso ter mais ônibus à disposição para que cada coletivo levasse menos pessoas e não o contrário, como afirma ocorrer.

A íntegra da entrevista pode ser conferida no player abaixo.

https://www.facebook.com/metropolitanatv.viamao/videos/1120495025018177

A série de entrevistas com os pré-candidatos à prefeitura de Viamão prossegue hoje com Paulo do Sopão. Ele vai concorrer à chefia do poder executivo pelo Avante. A entrevista inicia às 18 horas.

ffbernardes

ffbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido