Pré-candidato a vice-prefeito pelo PRTB, José Onofre Saikoski diz que seu partido objetiva criar o aterro sanitário em Viamão

Pré-candidato a vice-prefeito pelo PRTB, José Onofre Saikoski diz que seu partido objetiva criar o aterro sanitário em Viamão

Em entrevista na noite desta terça-feira (22), na Metropolitana TV, o pré-candidato a vice-prefeito de Viamão, advogado José Onofre Saikoski (PRTB) apresentou algumas das propostas da chapa que é encabeçada pelo Capitão Martin.

Na ocasião Saikoski iniciou falando sobre a educação. Para o pré-candidato mais da metade das crianças no Brasil chegam ao final do 3º ano sem saber ler.

Disse que nos últimos anos há coisas boas que foram feitas em Viamão. Para ele, atualmente a Secretaria de Educação está de parabéns pois o índice de alfabetização no município chegou a 73% já ao término do primeiro ano de estudos.

Para o político o sistema Alpha & Beto tem uma avaliação positiva e o PRTB não tem por objetivo trocá-lo, a não ser que algo melhor surja.

Na saúde, José Onofre citou que os problemas passam pela administração pública. Para ele é preciso gerir o município como se fosse um negócio próprio. Ele lembra ainda das empresas terceirizadas. O político questionou como a saúde pode funcionar no município se a empresa contratada não for local? – Frisou a importância de abrir concursos públicos e a consequente contratação de profissionais capacitados, uma vez que estes teriam compromissos com a população.

O pré-candidato afirmou que o grupo formado pelo PRTB faz a leitura de que o município é “tocado” pelo servidor. Disse que a maior parte dos problemas são causados por “paraquedistas” que caem no serviço público sem qualificação. Ele disse que os professores devem ser priorizados, uma vez que não há condições do município evoluir se não for desta maneira.

Saikoski questionou qual será o investidor que deseja se estabelecer num município que teve 5 prefeitos num único ano? – De acordo com ele, o plano de governo contempla uma revisão nas leis municipais.

Afirmou ser necessário conversar com entidades de classe além de reequilibrar o tráfego no município. Disse ser preciso elaborar uma proposta que crie creches em Viamão, uma vez que não havendo locais como esses, não há possibilidade dos pais saírem para trabalhar.

José Onofre Saikoski lembrou que é necessário melhorar a situação das vias de Viamão. Disse que a Avenida Santo Onofre em que, segundo ele, é a mesma há mais de 50 anos, não recebeu melhorias nem para os transeuntes tampouco para os moradores.

Saikoski também falou sobre a produção agrícola. Falou que o município tem condições de preparar um projeto de beneficiamento de arroz e leite. Para ele, se a administração não sabe resolver o problema então é preciso ouvir os demais atores envolvidos no sistema.

No quesito lixo, Saikoski afirmou que um aterro sanitário, explorado adequadamente, gera riqueza. Lembrou da possibilidade da utilização de biogás a partir do lixo orgânico. O político citou a polêmica do aterro na região do Passo D’Areia. Afirmou ser necessário discutir o tema, uma vez que o lixo gera emprego e qualidade de renda. Disse que o PRTB tem por objetivo criar o aterro sanitário já que as comunidades podem ser beneficiadas com o tema.

Para a agricultura, Saikoski afirmou ser necessário qualificar o produtor rural, criar sistemas de financiamento, adequar a cultura para a localidade e estudar uma forma de se criar um incentivo fiscal, quando for o caso.

Saikoski disse que o governo federal tem enviado dinheiro para os estados e municípios. Disse que é preciso diminuir despesas e não desperdiçar dinheiro público, assim, segundo ele, vai ser possível minimizar os impactos causados pela pandemia. De acordo com ele, os investimentos devem ser feitos nos pontos em que tem certeza de ter retorno. É preciso criar soluções inteligentes e plausíveis em médio espaço de tempo.

https://www.facebook.com/metropolitanatv.viamao/videos/1344896379181006
ffbernardes

ffbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido