Qual álcool correto para higienização? Saiba as diferenças!

Qual álcool correto para higienização? Saiba as diferenças!

CORONAVÍRUS: Orientações sobre uso de álcool para higienização de mãos e objetos

Em tempos de recolhimento e de intensificação das medidas preventivas, o álcool está sendo um produto muito usado no combate às infecções virais, mas é preciso ter cuidado para utilização do produto adequado. Conheça a diferença no uso de alguns tipos de alcoóis, evite intoxicações e proteja sua saúde adequadamente.

Álcool Etílico – utilizado para desinfecção de ambientes e superfícies, desinfecção das mãos, além de servir de combustível para lareiras ecológicas:


Álcool isopropílico
– é o mais apropriado para limpar componentes eletrônicos, pois a porcentagem de água é menor do que 1%, e por isso a hipótese de oxidação das peças é quase nula.

Álcool metílico ou metanol – É um composto químico encontrado na forma líquida, com ponto de fusão de -98°C, é utilizado grandemente como solvente industrial, na indústria de plásticos, como solvente em reações de importância farmacológica, etc. É um biocombustível altamente inflamável.

Portanto, a diferença entre o álcool da bebida, o que move os carros e o que é adequado para higienização das mãos está no percentual de concentração do álcool e nas substâncias presentes nas versões em gel e combustível, que as inviabilizam para consumo humano. Enquanto, uma cerveja tem em torno de 5% de álcool, o álcool gel, que combate os vírus, protegendo a população contra a doença COVID-19, tem 70%. Já o combustível tem 94%. Jamais utilize misturas de combustível na pele, porque eles possuem componentes tóxicos na composição, como zinco, cobre e metanol, podendo causar sérios danos à saúde.

Para a desinfecção de microorganismos (vírus e bactérias) é recomendado o uso álcool 70º para higienização das mãos.

  • Mas atenção! A maneira mais eficaz de higienizar as mãos no combate às infecções virais e bacterianas é a lavagem das mãos correta com água e sabão. Pois, no sabão, detergente, sabonete líquido ou em barra e nos shampoos existem substâncias chamadas de Surfactantes que se demonstram eficientes na eliminação desses microorganismos.
  • O álcool gel a 70º deve ser utilizado, alternativamente, em ocasião nas quais não se tem acesso à lavagem com água e sabão, por exemplo, na rua ou no uso do transporte coletivo. · Para manter-se prevenido o ideal é lavar as mãos com água e sabão a cada duas ou três horas.

 

Fonte: Vigilância Sanitária do Piauí

mrsbernardes

mrsbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido