Secretário da Saúde de Viamão diz que prefeitura foi incompetente ao gerir contratos da saúde

Secretário da Saúde de Viamão diz que prefeitura foi incompetente ao gerir contratos da saúde

O secretário municipal da saúde de Viamão José Ricardo Agliardi Silveira afirmou na tarde desta terça-feira (21), que a prefeitura da Velha Capital foi incompetente em gerir os contratos da pasta. Segundo ele, em algum momento nos últimos meses houve um equívoco na administração das questões relacionadas ao setor.

De acordo com José Ricardo, as ações vão causar um impacto em todos os dados epidemiológicos e sanitários de Viamão. Ele disse que, quando houve a opção por “entregar a governança das politicas públicas para a terceirizada, também ocorreu um descompasso entre a prestação de contas realizadas e pagamentos efetuados pela prefeitura”.

Na presença de vereadores e de um aglomerado de pessoas que acompanhavam a sessão do lado de fora da casa legislativa, o secretário afirmou que não tem mais como fazer saúde pública se não houver no trabalho a presença de especialistas como economistas, administradores e contadores.

Em sua manifestação, Agliardi disse ainda que os números mostraram no final de 2019 um descompasso no pagamento para a empresa Mahatma Gandhi na ordem de R$ 1,95 milhão. Ele disse que a empresa foi notificada e que deve esclarecer o porquê do não pagamento de salários aos funcionários se havia diferença no caixa. “Não se pode afirmar que a empresa deixou de pagar funcionários porque a prefeitura deixou de pagar.” – afirmou e a seguir completou dizendo que “é preciso fazer o encontro dessas contas. O descompasso entre prestação de contas e pagamento continua”.

Foto: Arquivo

ffbernardes

ffbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido