Sevilla vira, elimina o Manchester United e está na final da Liga Europa

Sevilla vira, elimina o Manchester United e está na final da Liga Europa

O Sevilla é o primeiro finalista da Liga Europa. A equipe espanhola, maior campeã da competição que neste ano tem sua fase final sendo disputada em partidas únicas na Alemanha, saiu perdendo para o Manchester United, mas graças aos gols de Suso e Luuk de Jong garantiu a virada e a vaga na decisão.

O jogo começou disputado e favorável ao United. Aos 6 minutos, Diego Carlos derrubou Rashford dentro da área: pênalti. Bruno Fernandes bateu e abriu o placar para os Red Devils. Aos 15, Ocampos bateu cruzado e De Gea fez boa defesa. O empate do Sevilla veio aos 25 minutos em uma jogadaça que começou no campo de defesa do time espanhol, passou por vários jogadores e terminou no pé de Suso, que concluiu para dentro do gol. Aos 32, Martial recebeu de Greenwood na entrada da área e bateu por cima da meta. Seis minutos depois, Rashford cobrou falta de longe e Bono espalmou.

O United teve algumas chances aos 4 minutos do segundo tempo: Martial bateu e Bono defendeu; no rebote, Bruno Fernandes tentou e foi travado por Fernando. Três minutos depois, Martial teve outra oportunidade que terminou em uma grande defesa de Bono. Aos 24, Greenwood arrancou pela direita e, em vez de passar, tentou o chute que foi bloqueado por Diego Carlos. Enquanto o United dominava o jogo, quem fez o gol da virada foi o Sevilla: Munir cruzou da direita e Luuk de Jong colocou para dentro aos 32 minutos. O Manchester United seguiu pressionando até o final do jogo, mas todas as suas tentativas paravam na defesa.

A vitória sobre o United classificou o time do Sevilla para sua sexta final de Liga Europa. Na decisão, que ocorre na próxima sexta-feira (21) em Colônia, a equipe treinada por Julen Lopetegui encara o vencedor do confronto entre Inter de Milão e Shakhtar Donetsk, que se enfrentam amanhã em Düsseldorf.

 

CONFIRA O CHAVEAMENTO DA FASE FINAL DA LIGA EUROPA:

FICHA TÉCNICA:

Sevilla: Bono; Jesús Navas, Koundé, Diego Carlos e Reguilón; Banega, Fernando e Jordán (Gudelj); Suso (Vazquez), En-Nesyri (Luuk de Jong) e Ocampos (Munir). Técnico: Julen Lopetegui.

Manchester United: De Gea; Wan-Bissaka (James), Lindelöf, Maguire e Williams (Fosu-Mensah); Fred; Greenwood (Ighalo), Bruno Fernandes, Pogba e Rashford (Mata); Martial. Técnico: Ole Gunnar Solskjær.

GOLS: Suso, Luuk de Jong (S); Bruno Fernandes (M).

ARBITRAGEM: Felix Brych, auxiliado por Mark Borsch e Stefan Lupp (trio alemão). Quarto árbitro: Daniel Siebert (Alemanha). Arbitragem de vídeo: Bastian Dankert, auxiliado por Marco Fritz (ambos alemães).

CARTÕES AMARELOS: Diego Carlos, Munir (S); Williams, Rashford, Munir (M).

ESTÁDIO: RheinEnergieStadion, em Colônia.

jpbernardes

jpbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido