‘Trolls 2’ arrecada US$ 100 milhões com lançamento via internet

‘Trolls 2’ arrecada US$ 100 milhões com lançamento via internet

A Universal Studios divulgou que a animação “Trolls 2” arrecadou cerca de US$ 100 milhões desde o seu lançamento diretamente pela internet, há três semanas, aproximando-se dos números do primeiro filme da série, que obteve US$ 116 milhões em bilheteria durante o mesmo período em 2016.

A sequência deste ano, que, ao contrário de outras obras, não esperou a reabertura dos cinemas, fechados devido à pandemia do novo coronavírus, gerava apreensão nos estúdios. Havia o temor de que o filme, com orçamento estimado em US$ 90 milhões, não recuperasse o investimento.

“Os resultados de ‘Trolls 2’ superaram nossas expectativas e demonstraram a viabilidade do formato digital sob demanda”, declarou o presidente da Universal, Jeff Shell, ao jornal “The Wall Street Journal”.

Na entrevista, o executivo abriu a porta para que essa medida excepcional de lançar a obra via streaming devido à pandemia possa ser aplicada em mais ocasiões. “Assim que os cinemas abrirem novamente, esperamos lançar filmes em ambos os formatos”, afirmou.

Essas palavras desagradaram a Associação Nacional de Proprietários de Cinema (Nato), que enfrenta a sua mais grave crise empresarial devido ao fechamento das instalações.

“A Universal não tem motivos para usar circunstâncias incomuns em um ambiente sem precedentes como trampolim para evitar lançamentos em cinemas reais”, defendeu o presidente da Nato, John Fithian.

Para a associação, parte do sucesso de “Trolls 2” deve-se ao fato de que há famílias em suas casas desesperadas para ver algo novo e que em circunstâncias normais teriam ido aos cinemas.

Há uma semana, os estúdios Warner Bros. informaram que lançarão a animação “SCOOBY! O Filme”, baseada nas aventuras do famoso cão Scooby-Doo e de seus companheiros investigadores, pela internet no dia 15 de maio.

Já obras como “Soul”, “Mulan” e “Minions 2”, além de franquias para adultos como “James Bond” e “Velozes e Furiosos”, decidiram adiar a estreia para o segundo semestre ou mesmo para o ano que vem para serem vistos nas telonas.

Fonte: R7

ffbernardes

ffbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido