URGENTE: Sérgio Moro pede demissão e deixa Ministério da Justiça e Segurança Pública

URGENTE: Sérgio Moro pede demissão e deixa Ministério da Justiça e Segurança Pública

O ministro da justiça Sérgio Moro pediu demissão na manhã desta sexta-feira (24). A informação foi confirmada pelo próprio Moro em pronunciamentoocorrido em Brasília. Na ocasião Sérgio Moro afirmou que, para aceitar o cargo de ministro, fez apenas uma exigência ao presidente Bolsonaro, a de que sua família não ficasse desamparada caso algo ocorre contra ele.
Em sua declaração, Moro fez um breve resumo de seu histórico a frente da pasta. Afirmou que teve apoio de Bolsonaro em parte dos seus projetos, porém o esgotamento do relacionamento com Bolsonaro iniciou no segundo semestre de 2019 quando, o presidente começou a querer trocar diretores da Polícia Federal. Moro disse a única pessoa indicada por ele na PF foi o diretor Maurício Valeixo, demitido ontem pelo presidente.
Segundo Moro, em reunião ocorrida ontem (23), Bolsonaro afirmou a ele que a substituição de Valeixo seria política. Para Moro, “o grande problema não é quem entre, mas por que entra”.
O agora ex-ministro disse que em nenhum momento Maurício Valeixo pediu exoneração do cargo. Disse que Valeixo entrou em contato com ele afirmando que teria recebido uma ligação na qual o interlocutor disse se havia problema de ser informado que ele estava pedindo para sair.
Por mais de uma vez, Moro afirmou que Bolsonaro garantiu a ele que todas as escolhas no segundo escalão seriam dele e que seriam técnicas e não políticas. Para Moro, “o presidente me quer realmente fora do governo” – continuou – “vou encaminhar minha de demissão e espero que seja feita uma escolha realmente técnica e que o escolhido seja independente”.

ffbernardes

ffbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido