Vanderlei brilha, Grêmio vence o Guaraní e vai às quartas da Libertadores

Vanderlei brilha, Grêmio vence o Guaraní e vai às quartas da Libertadores

Pelo quarto ano consecutivo, o Grêmio está nas quartas de final da Libertadores. A classificação veio com mais um triunfo vitória sobre o Guaraní-PAR, desta vez na Arena. A vitória por 2 a 0 – que veio com os gols de Ferreira e Rodrigues e duas defesas espetaculares de Vanderlei – foi suficiente para carimbar a vaga do Tricolor, que avança para enfrentar o Santos na próxima fase.

O jogo começou com quase dez minutos de atraso por conta de um imbróglio envolvendo o uniforme do Guaraní, de um tom de azul similar à camiseta tricolor do Grêmio. A equipe paraguaia teve que usar seu kit tradicional (amarelo e preto), o que forçou a equipe de arbitragem – que também vestia amarelo e preto – a também trocar de roupa, agora um uniforme bordô.

PRIMEIRO TEMPO:
3’
GOL DO GRÊMIO! Cortez recebe de Jean Pyerre na esquerda e cruza para Ferreira concluir. O gol originalmente foi anulado por um suposto impedimento do lateral gremista, mas o VAR confirmou.
12’ Pepê recebe na esquerda, domina bem e tenta o cruzamento para Ferreira, mas a bola vai forte demais.
13’ Cortez cruza para Churín desviar com a ponta da chuteira, mas a bola vai longe do gol de Servio.
17’ Florentín pisa no pé de Darlan na entrada da área e é amarelado.
23’ Bobadilla tenta de longe, mas a bola passa muito longe do gol de Vanderlei.
27’ Maná cruza da direita e Báez cabeceia por cima da meta.
40’ Pepê arranca pela esquerda e cruza para Ferreira, que desperdiça.
45’ Jean Pyerre desaba no campo e pede para ser substituído. Isaque entra no lugar dele.
47’ Após cobrança de escanteio, Florentín cabeceia firme e Vanderlei faz ótima defesa.
Em tempo: uma primeira etapa movimentada em Porto Alegre. O Grêmio abriu o placar com três minutos e dominou quase todo o jogo, deixando a equipe do Guaraní chegar com perigo algumas vezes – a principal na cabeçada de Florentín nos acréscimos.

SEGUNDO TEMPO:
0’
Com 15 segundos, Villalba – que entrou no intervalo – faz falta dura em Pepê e leva o cartão amarelo.
2’ Báez pisa no tornozelo de Orejuela e também recebe o amarelo. É o terceiro cartão do Guaraní no jogo.
7’ Lucas Silva recebe de Ferreira dentro da área e bate para Servio espalmar.
10’ Rodrigo Fernández tenta de primeira de fora da área e Vanderlei faz uma defesa espetacular.
18’ NÃO VALE! Isaque recupera a sobra de Darlan e desloca Servio, marcando o que seria o segundo gol do Grêmio. Como Isaque estava muito impedido, o gol foi anulado e o 1 a 0 persistiu no placar.
24’ Amarelo para Isaque por falta em Maná.
33’ Pepê tenta da esquerda e Servio defende; no rebote, Churín chuta para longe do gol.
39’ Boa jogada de Pinares, mas a conclusão de fora da área passa longe do gol.
42’ Miguel Benítez deixa o braço em Diego Souza fora do lance e leva o cartão vermelho direto.
45′ Rodrigo Fernández é inicialmente expulso após falta em Orejuela, mas o árbitro verifica no VAR e dá apenas o amarelo.
47′ Cobrança de falta de Lucas Silva passa por cima do gol de Servio.
51′ GOL DO GRÊMIO! Diego Souza recebe em profundidade, engana o goleiro e toca para Rodrigues concluir, fazendo o segundo do Grêmio e garantindo a classificação tricolor.
Em tempo: o Grêmio soube segurar a vantagem construída no começo do jogo, mas nem por isso deixou de atacar. Perdeu um pouco de fôlego em relação ao primeiro tempo, verdade, tanto que precisou de uma grande defesa de Vanderlei para manter o zero no placar, mas confirmou a vitória com o gol de Rodrigues no último lance do jogo.

A vitória de hoje, somada aos 2 a 0 da ida, deixa o Grêmio com 4 a 0 no agregado, classificando o Tricolor às quartas de final da Libertadores. O time de Renato Portaluppi disputa a vaga na semifinal contra o Santos, em partidas previstas para as próximas duas semanas.

O Grêmio volta a campo no próximo domingo (6), quando recebe o Vasco pelo Brasileirão.

 

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO: Vanderlei; Orejuela, David Braz, Rodrigues e Cortez; Darlan (Maicon) e Lucas Silva; Ferreira (Pinares), Jean Pyerre (Isaque) e Pepê (Guilherme Azevedo); Churín (Diego Souza). Técnico: Renato Portaluppi.

GUARANÍ: Servio; Tripichio (Villalba), Romaña, Báez e Miguel Benítez; Rodrigo Fernández, Ángel Benítez (Merlini) e Florentín (Fernando Fernández); Domínguez, Bobadilla e Maná. Técnico: Gustavo Costas.

GOLS: Ferreira (GRE).

ARBITRAGEM: Wilmar Roldán, auxiliado por Dionisio Ruiz e Miguel Roldán (trio colombiano). Quarto árbitro: José Argote (Venezuela). Arbitragem de vídeo: Andrés Rojas e John León (ambos colombianos).

CARTÕES AMARELOS: Isaque (GRE); Florentín, Villalba, Báez, Rodrigo Fernández (GUA).

CARTÕES VERMELHOS: Miguel Benítez (GUA).

ESTÁDIO: Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

jpbernardes

jpbernardes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido