fbpx

Viamão terá 7 pontos de apoio em Operação da Defesa Civil


Em reunião realizada na manhã desta sexta-feira (16), no Centro Integrado de Segurança de Viamão (CISV), a Prefeitura Municipal concluiu que as ações de prevenção realizados durante a semana em diversos pontos da cidade minimizaram os impactos do temporal da última noite. De acordo com a Defesa Civil, mais de 200mm de chuva atingiram a cidade nas últimas 24 horas.

O temporal impediu nesta sexta-feira a abertura das unidades de saúde Capão da Porteira, Augusta Meneghini e Ruth Cardoso. Além delas, 17 escolas da rede municipal tiveram as aulas suspensas em função de danos ocasionados por queda de árvores ou alagamentos.

Em nota a prefeitura informou que a “Estrada da Branquinha está interditada na altura do Passo do Capão, devido a rompimento de galeria”. A enxurrada fez com que os arroios Fiúza e Feijó transbordassem.

Durante o encontro ficou acertado que sete escolas municipais vão servir de apoio às famílias que foram afetadas.

Após o encontro, o secretário geral de governo, Rafael Bortoletti afirmou que as equipes da assistência social, saúde e educação vão estar nas escolas com cestas básicas, agasalhos, lonas e cobertores, enquanto as equipes de Obras e Defesa Civil fazem a limpeza das ruas da região, recolhendo árvores e galhos.

O ginásio do CIE Altair Cantini pode receber desabrigados.

As escolas de apoio e o CRAS definidos são:

Foto: Divulgação PMV

error: Conteúdo Protegido!